cihdott

 

A CIHDOTT, Comissão Intra-hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante, da Santa Casa de Jahu apresenta dados dos trabalhos de captação e julga que o serviço poderá melhorar se tiver maior conscientização dos parentes de pacientes com potencial de doação.

Nos últimos cinco anos, o órgão mais captado na Santa Casa de Jahu foi a córnea, com 375 procedimentos. Doação de múltiplos órgãos ocorreu em 11 oportunidades neste período, sendo o último procedimento realizado em abril deste ano.

Os coordenadores da Comissão Intra-hospitalar destacam que a principal dificuldade deste trabalho é convencer parentes dos doadores sobre a morte cerebral. “As famílias não aceitam a morte cerebral e isso dificulta todo o processo de doação, que deve ser muito ágil”, afirma Luciane Carraro, enfermeira coordenadora. Todos os membros da Comissão possuem treinamento para entrevista e orientação familiar, ou seja, todo o processo é feito às claras, com todas as informações prestadas à família do doador.

Segundo Dr. Otaviano Felício, coordenador da CIHDOTT, uma boa notícia para agilizar o processo de captação é que a Santa Casa passou a contar com médico neurologista, Dr. Luis Fabiano Puglia Guerreiro Lopes, que se disponibilizou a realizar o exame complementar (eletroencefalograma), aos potenciais doadores, assim que requisitado pela equipe médica do paciente.

A CIHDOTT da Santa Casa é composta por uma equipe de multiprofissionais, com currículo de vários cursos e treinamentos da área, sendo um médico, cinco enfermeiros e sete técnicos de enfermagem; tem por finalidade organizar, no âmbito da instituição, rotinas e protocolos que possibilitem o processo de doação de órgãos e tecidos para transplantes. A busca ativa acontece principalmente nos setores do Pronto Socorro Municipal e nas UTIs. Todos os membros da equipe se aprofundam nos casos clínicos de potenciais doadores e enviam as informações à Central da Regional de Botucatu SPOT – Serviço de procura de Órgãos para Transplante, que acompanha todas as etapas até a captação do órgão.

 

 

 

capa info 86