FOTO 1 SIMULADO AVC

 

Conforme ampla divulgação nos últimos dias, a Santa Casa de Jahu realizou um grande encontro nesta segunda feira (29/10), dia Mundial de Combate ao AVC. Mais de duzentas pessoas de Jaú e região ligadas a saúde estiveram presentes no Espaço Cultural do Hospital, representadas pelos integrantes do SAMU, médicos, enfermeiros, estudantes de medicina e cursos técnicos. O objetivo foi divulgar novas diretrizes seladas junto ao SAMU em relação ao atendimento de casos suspeitos de Acidente Vascular Cerebral (AVC). O tema foi abordado pelos médicos Rhaufe Cluife Cardoso, Intervencionista do SAMU, e os Neurologistas Dr. Jonas Bernardes de Lima Filho e José Ricardo Guimarães Toloi.

 

A coordenadora de enfermagem da Santa Casa, Regiane Laborda, uma das organizadoras do evento, disse que a idéia foi unir os serviços de saúde das 12 cidades da região que enviam os pacientes para os setores de emergência do hospital, serviços de socorros como o SAMU, Pronto Atendimentos e escolas para que divulguem uma nova proposta de trabalho que visa diminuir o tempo entre os sintomas e o atendimento de um paciente com AVC nos serviços de saúde. De acordo com a coordenadora, o AVC tem uma janela máxima de 4h e meia. Quanto menor o tempo dentro dessa janela, oferecendo um atendimento qualificado e sistematizado, menores vão ser as sequelas”, afirma Regiane.

 

A parceria entre o SAMU e a Santa Casa de Jahu criou uma nova realidade de protocolos de atendimento, sendo que o hospital dinamizou seu fluxo interno, para que esse processo entre o socorro da unidade móvel e o atendimento no hospital seja feito em até 45 minutos, no máximo. O processo, chamado de “Porta-Agulha”, foi simulado neste último domingo (28/10) pelo SAMU e Santa Casa. O tempo entre o chamado de socorro, chegada do paciente, análise da imagem da tomografia e intervenção médica foi de 35 minutos, bem abaixo do tempo ideal que é até 60 minutos. Nesta simulação o paciente, representado por um funcionário do hospital, estava no Kartódromo de Jahu (cerca de 2,6 km da Santa Casa).

 

Simulação

Tempo de deslocamento do SAMU: 5 min.

Atendimento e identificação do provável AVC: 8 min.

Deslocamento até a Santa Casa: 7 min.

Tempo porta - tomografia: 10 min.

Análise de imagem e escala NIHSS:5 min.

Tempo Porta-Agulha:35 Minutos

Tempo ideal: Até 60 minutos

 

 

 

 

capa info 86