FOTO PALESTRA CANCER 1

 

A Santa Casa de Jahu, através do Grupo de Humanização, promoveu nesta sexta-feita (19/10) em seu Espaço Cultural uma palestra sobre Prevenção do Câncer. A convidada, Dra. Juliana dos Santos de Oliveira Victor, médica oncologista clínica com atuação em cuidados paliativos, falou sobre a doença, destacando seu alto índice de mortalidade, os principais fatores de risco, prevenção e sobre o câncer de mama, tema que motivou a palestra, já que vivemos o “Outubro Rosa”. O evento contou com a participação de colaboradores do hospital e outras pessoas interessadas no assunto.

 

A Dra. Juliana enfatizou a importância da palestra, lembrou que a Santa Casa também recebe pacientes com suspeita da doença e que a informação e educação da população deve ser prioridade na saúde. De acordo com a médica o câncer é a segunda causa de mortalidade, excetuando os acidentes, e compromete pacientes de todas as idades. Ela ainda destacou o tabagismo, a bebida alcoólica, a obesidade e a inatividade física como fatores “modificáveis” de risco (aqueles que podem ser evitados através de mudança de hábito).

 

Com relação ao câncer de mama, a prevenção é um instrumento necessário. Contudo é constatado que muitas mulheres deixam de fazer o exame de mamografia, por medo ou negligência. A palestrante lembrou que o auto-exame é importante mas não suficiente para substituir os exames de imagem e avaliação médica especializada.

 

Outubro Rosa é uma campanha de conscientização que tem como objetivo principal alertar as mulheres e a sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama e dcolo do útero.

 

Mamografia

A mamografia é um tipo específico de radiografia das mamas capaz de revelar a existência de sinais precoces do câncer de mama, antes mesmo que as lesões sejam palpáveis. O exame também pode ajudar a verificar a necessidade de tratamentos intensivos para os tumores e na conservação da mama, caso seja necessária uma cirurgia.

 

A idade para começar a fazer a mamografia

> Entre 35 e 40anosas mulheres devem realizar o primeiro exame, que servirá de base para avaliar as condições da mama em comparação à exames futuros;

> Dos 40 aos 50anosa frequência da mamografia deve ser determinada pelo médico, de acordo com as condições da mama da paciente;

> Após os 50 anosé recomendado que a paciente realize o exame anualmente.

 

FOTO PALESTRA CANCER 2

 

 

 

capa info 86