Notícias

Vacina Febre Amarela

febre amarela 1

 

A vacinação contra a febre amarela tem deixado algumas pessoas preocupadas. Afinal, esta vacina pode trazer reações com sequelas graves? Pode provocar a morte? De acordo com a médica infectologista da Santa Casa de Jahu, Paula Urakawa, são raros os casos que levam aos casos extremos.

 

Os problemas são as contraindicações da vacina, como doenças que diminuem a imunidade, crianças com menos de 9 meses de idade e idosos a partir dos 60 anos. Quem tem alergia ao ovo também deve ser orientado por um médico.

 

A dra Paula afirma que a população não deve deixar de se imunizar, contudo é importante não omitir nenhuma informação sobre doenças ou medicações que fazem uso, quando irem ao posto de saúde.

 

Segundo a infectologista da Santa Casa somente a vacina fracionada, oferecida em campanhas onde há casos da febre amarela, devem ser reaplicadas a cada 8 anos. Quem recebe a vacina não fracionada precisa apenas uma dose na vida.

 

Os enfermeiros dos postos de saúde devem estar prontos para orientar a todos sobre as contraindicações da vacina da febre amarela.   

Nova Sala Recuperação

Nova Sala Recuperação

  A Santa Casa de Jahu entregou nesta segunda feira, 19 de fevereiro, mais uma etapa de obras que vai otimizar as atividades desenvolvidas no Centro Cirúrgico. Trata-se da Sala de Recuperação, local onde os pacientes ficam em observação após passarem por cirurgia.   Segundo o provedor da Santa Casa, Alcides Bernardi Junior, a Sala de Recuperação tinha oito lugares e ap&o...
Leia mais...
Carnaval - “CUIDADOS”

Carnaval - “CUIDADOS”

  Não custa nada lembrar. O período de carnaval costuma ser propício para aumentar os riscos com a saúde. Os cuidados passam por hidratação adequada, evitar o consumo exagerado de bebidas alcoólicas, higiene na hora de se alimentar, o uso de preservativo para não contrair uma doença sexualmente transmissível e até aquela gravidez indesejada.   O m&ea...
Leia mais...
Rins em perigo

Rins em perigo

  A doença renal crônica com necessidade de tratamento de hemodiálise triplicou no Brasil nos últimos 17 anos, segundo dados do Ministério da Saúde, passando de 42 mil casos em 2000 para 122 mil no ano passado.   O médico especialista em nefrologia Marcos Roberto Colombo Barnese, doutor em medicina clínica e experimental pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro, relat...
Leia mais...