Notícias

Encontro sobre o AVC

FOTO 1 SIMULADO AVC

 

Conforme ampla divulgação nos últimos dias, a Santa Casa de Jahu realizou um grande encontro nesta segunda feira (29/10), dia Mundial de Combate ao AVC. Mais de duzentas pessoas de Jaú e região ligadas a saúde estiveram presentes no Espaço Cultural do Hospital, representadas pelos integrantes do SAMU, médicos, enfermeiros, estudantes de medicina e cursos técnicos. O objetivo foi divulgar novas diretrizes seladas junto ao SAMU em relação ao atendimento de casos suspeitos de Acidente Vascular Cerebral (AVC). O tema foi abordado pelos médicos Rhaufe Cluife Cardoso, Intervencionista do SAMU, e os Neurologistas Dr. Jonas Bernardes de Lima Filho e José Ricardo Guimarães Toloi.

 

A coordenadora de enfermagem da Santa Casa, Regiane Laborda, uma das organizadoras do evento, disse que a idéia foi unir os serviços de saúde das 12 cidades da região que enviam os pacientes para os setores de emergência do hospital, serviços de socorros como o SAMU, Pronto Atendimentos e escolas para que divulguem uma nova proposta de trabalho que visa diminuir o tempo entre os sintomas e o atendimento de um paciente com AVC nos serviços de saúde. De acordo com a coordenadora, o AVC tem uma janela máxima de 4h e meia. Quanto menor o tempo dentro dessa janela, oferecendo um atendimento qualificado e sistematizado, menores vão ser as sequelas”, afirma Regiane.

 

 

A parceria entre o SAMU e a Santa Casa de Jahu criou uma nova realidade de protocolos de atendimento, sendo que o hospital dinamizou seu fluxo interno, para que esse processo entre o socorro da unidade móvel e o atendimento no hospital seja feito em até 45 minutos, no máximo. O processo, chamado de “Porta-Agulha”, foi simulado neste último domingo (28/10) pelo SAMU e Santa Casa. O tempo entre o chamado de socorro, chegada do paciente, análise da imagem da tomografia e intervenção médica foi de 35 minutos, bem abaixo do tempo ideal que é até 60 minutos. Nesta simulação o paciente, representado por um funcionário do hospital, estava no Kartódromo de Jahu (cerca de 2,6 km da Santa Casa).

 

 

Simulação

Tempo de deslocamento do SAMU: 5 min.

Atendimento e identificação do provável AVC: 8 min.

Deslocamento até a Santa Casa: 7 min.

Tempo porta - tomografia: 10 min.

Análise de imagem e escala NIHSS:5 min.

Tempo Porta-Agulha:35 Minutos

Tempo ideal: Até 60 minutos

 

Semana do Rim - Saldo positivo

Semana do Rim - Saldo positivo

  A programação alusiva ao Dia Mundial do Rim da Santa Casa de Jahu, comemorado toda 2ª quinta-feira do mês de Março, se estendeu até quarta-feira (20). Palestras e atividades junto a população destacaram a prevenção da Doença Renal Crônica (DRC), cujos casos crescem demasiadamente ano após ano.   Com temas baseados no perigo silencioso da...
Leia mais...
“Enxovaizinhos” chegando!

“Enxovaizinhos” chegando!

  As atividades do Corpo de Voluntários da Santa Casa de Jahu continuam em ritmo acelerado. O grupo adquiriu recentemente fraldas de tecido, cobertores, toalhas de banho, meias e macacões. Essas peças passam a compor os enxovais para recém-nascidos que vão ser doados para famílias carentes atendidas pela Santa Casa.   Além dos recursos arrecadados para compra de materiais e pro...
Leia mais...
Santa Casa de Jahu alerta para prevenção da DRC

Santa Casa de Jahu alerta para prevenção da DRC

  A Santa Casa de Jahu chama a atenção para a prevenção da Doença Renal Crônica (DRC). Dados da Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN) mostram crescimento anual da doença, que tem sintomas e evolução silenciosos. Contudo a DRC se torna previsível quando o paciente faz parte do grupo de risco e não busca orientação médica.   Segu...
Leia mais...