Saiba como prevenir as crises alérgicas em crianças durante a primavera

Saiba como prevenir as crises alérgicas em crianças durante a primavera

A primavera chegou. Em vez de comemorar o início da estação, muita gente já se prepara psicologicamente para enfrentar um período de crises alérgic...
Leia mais...
Dicas sobre a gripe H1N1

Dicas sobre a gripe H1N1

A gripe A, também chamada de gripe H1N1, é uma doença causada pelo vírus Influenza A (H1N1), que ficou amplamente conhecido após a pandemia de 2009. Esse tipo de vírus possui genes do vírus...
Leia mais...
Anvisa aprova registro da primeira vacina contra a dengue no Brasil

Anvisa aprova registro da primeira vacina contra a dengue no Brasil

  Saiu nesta segunda (28) a aprovação do registro da primeira vacina contra a dengue no Brasil: a Dengvaxia, da francesa Sanofi Pasteur. Embora liberada para comercializa...
Leia mais...

Umami

 

Saiba mais sobre o quinto gosto e seus benefícios


Apesar de ser pouco conhecido no Brasil, o umami é um gosto centenário: sua descoberta completou 107 anos no dia 25 julho. Nada melhor do que celebrar esta data contando um pouco mais da sua história e seus benefícios para a nutrição e saúde humana.
Mas, antes disso, é preciso entender a diferença entre gosto e sabor. Embora sejam considerados sinônimos, cada um tem particularidades e funções diferentes. O ser humano é capaz de identificar cinco gostos básicos: doce, salgado, azedo, amargo e umami, cuja percepção depende única e exclusivamente do paladar, por meio das papilas gustativas e receptores presentes na língua, que enviam a percepção do gosto ao cérebro para identificação. Já a percepção do sabor depende da integração do tato, olfato e paladar - sobretudo destes dois últimos. Faça o teste a seguir e entenda a diferença entre os dois conceitos:

 

Teste Gosto X Sabor

Pegue uma bala de hortelã e, antes de abri-la, tape o nariz.

Coloque a bala na boca e permaneça com o nariz tapado.

Após alguns segundos, destape o nariz.

Note que quando a bala é colocada na boca com o nariz tapado é possível sentir apenas o gosto doce. Mas, quando o nariz é destapado, além do gosto doce, é possível sentir o sabor da bala, neste caso de hortelã, através da interação entre o paladar e o olfato.

 

Você já sentiu o gosto umami?
Uma forma prática e simples de perceber o quinto gosto é por meio de alimentos naturalmente ricos em umami como o queijo parmesão, que possui uma das maiores concentrações do aminoácido glutamato (principal substância umami, ao lado do inosinato e guanilato). Faça o teste: após a ingestão do queijo parmesão é possível sentir um gosto de "algo a mais" que permanece na superfície da língua por alguns minutos, após a percepção do gosto salgado, juntamente com um leve aumento da salivação - este é o gosto umami.

Uma alternativa para a redução de sódio
Além de também ser uma substância umami, ao lado do ácido glutâmico, o glutamato de adição, popularmente conhecido como glutamato monossódico, pode ser uma alternativa à redução de sódio na alimentação por possuir cerca de 1/3 da quantidade de sódio presente no sal de cozinha. Ou seja, enquanto o glutamato monossódico possui 123 mg de sódio, a mesma quantidade de sal possui 388 mg.
Durante a preparação de uma receita é possível utilizar somente metade da quantidade de sal usada normalmente e completar a outra metade com glutamato monossódico. Dessa forma, o sabor do prato será mantido, sem comprometimento da saúde.

A importância da salivação e seus benefícios
Alimentos umami podem ser aliados do processo digestivo e contribuir para a saúde bucal, pois ao entrarem em contato com a língua, as substâncias umami proporcionam maior aumento da salivação. A saliva facilita a diluição dos alimentos; aumenta a sensibilidade aos gostos e aromas e tem função bactericida, protegendo a boca da ação de alguns micro-organismos patogênicos. Além disso, vírus, bactérias e fungos de diferentes gêneros podem estar presentes em alimentos contaminados e a primeira barreira de defesa que possuímos no nosso corpo é a saliva, que consegue agir contra esses patógenos.
Por isso a salivação é tão importante em certos tipos de tratamentos de câncer, quando os pacientes sofrem alteração na produção de saliva - chamada xerostomia ou "boca seca". As ondas da radioterapia, por exemplo, danificam o tecido das glândulas salivares, que consequentemente reduzem a produção. Enquanto isso, as drogas usadas durante a quimioterapia podem acarretar a produção de saliva mais espessa, gerando como efeito colateral a sensação de secura.
Tais problemas podem influenciar diretamente a nutrição dos pacientes, já que dificultam a ingestão e digestão dos alimentos. Estudos demostram que a saliva contribui para a condição saudável das papilas gustativas, proporcionando a melhora do apetite e do estado nutricional das pessoas", diz a coordenadora do Comitê Umami. Além disso, é muito comum o paciente debilitado não sentir vontade de comer. Mas, ao não se alimentarem corretamente, eles não fortalecem o organismo que já está fragilizado, podendo até prejudicar o tratamento. É aí que entra o umami e todo o "poder" do quinto gosto.